Seminários CAP l Feira Nacional de Agricultura 2018

 Seminários CAP

 

Dia 4 de Junho, das 14:30h às 19:00h

Devido às grandes transformações que o sector agrícola tem vindo a sofrer ao longo dos tempos, com a situação económica e política da sociedade que vive no meio rural a alterar-se drasticamente nos últimos anos, com a redução das receitas oriundas da agricultura tradicional, temos vindo a assistir à desertificação destas zonas rurais quer em termos populacionais, quer em infra-estruturas e serviços devido à falta de oportunidades de emprego.

É fundamental desenvolver a concertação e estabelecer o equilíbrio entre o desenvolvimento turístico e o desenvolvimento rural, que vai dar origem ao conceito de turismo em espaço rural num âmbito mais lato e do Agro-turismo em particular.

Com o turismo em Portugal a crescer nas grandes cidades, como Lisboa e Porto, este é o momento ideal para debater as Oportunidades para o Desenvolvimento do Turismo em Espaço Rural em Portugal, criando novas fontes de rendimento e oportunidades para promover o país como um todo.

Teremos nesta conferência a oportunidade de debater com algumas das personalidades nacionais e com alguns dos melhores promotores as potencialidades do turismo em espaço rural e ficar a conhecer alguns dos exemplos de sucesso nesta temática.

Inscrições- link: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-seminario-oportunidades-para-o-desenvolvimento-do-turismo-em-espaco-rural-45759935198

 

Dia 5 de Junho, das 09:30h às 13:00h

O apoio a título do RPB é concedido aos agricultores mediante ativação de um direito ao pagamento por hectare elegível. Os direitos ao pagamento ativados dão lugar ao pagamento anual dos montantes neles fixados

  • Direitos de RPB – Modelo de Convergência utilizado e balanço da sua aplicação nos diferentes sectores e regiões.
  • Regime da Pequena Agricultura –  Modelo adoptado e balanço da sua aplicação nos diferentes sectores e regiões.
  • Pagamento Redistributivo – Modelo adoptado e balanço da sua aplicação nos diferentes sectores e regiões.
  • Balanço da aplicação destes três instrumentos de apoio em 2015,2016 e 2017, nos diferentes sectores e regiões.
  • Perspectivas de evolução até 2019.
  • Evolução previsível deste tipo de ajudas após 2020.

O objectivo deste seminário é debater o impacto do RPB nos vários estados membros com alguns países da União Europeia e as perspectivas para o futuro.

Além do debate alargado com os membros das organizações Europeias, vamos ter oportunidade de ouvir as prioridades do governo português sobre esta temática e as perspectivas da comissão europeia para o futuro da PAC.

Inscrições- link: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-o-impacto-do-regime-de-pagamento-base-rpb-na-politica-agricola-comum-45865901145

 

Dia 5 de Junho, das 09:00h às 13:15h

A Confederação dos Agricultores de Portugal e a Ordem dos Contabilistas Certificados promovem no próximo dia 5 de junho, no auditório do CNEMA, em Santarém, uma conferência subordinada ao tema “Contabilidade e Gestão na Atividade Agrícola”.

Um ano mais, as duas instituições unem esforços para uma manhã de debate, onde se vão interligar matérias relacionadas com a contabilidade, a fiscalidade e a agricultura.

O programa e as inscrições – gratuitas, mediante inscrição prévia – estão disponíveis no sítio da Ordem dos Contabilistas Certificados.

Inscrições- link: https://www.occ.pt/pt/noticias/conferencia-a-contabilidade-e-a-gestao-na-atividade-agricola-santarem-5-de-junho/

 

Dia 6 de Junho, das 10:00h às 13:30h

Pelo 7º ano consecutivo, realiza-se o seminário dedicado à temática dos jovens agricultores, com a entrega dos prémios aos melhores projectos de 2018. O vencedor representará Portugal no Concurso Europeu em Bruxelas a realizar em 2019.

Os jovens agricultores no mundo vai ser o tema central do seminário deste ano. Vamos ter as perspectivas de peritos europeus como o presidente do Concelho Europeu dos Jovens agricultores e de um perito da ONU, que irá fazer uma apresentação sobre os jovens agricultores no mundo. O representante do Parlamento Europeu, o Eurodeputado Nuno Melo, vai abordar o trabalho realizado pelo Parlamento Europeu e os deputados pelos círculos parlamentares do PS, PSD, CDS e PCP vão abordar as propostas políticas em Portugal para a renovação geracional.

No decorrer do seminário vai ter lugar a atribuição do prémio ao melhor projecto de jovem agricultor 2017 e também ouvir as perspectivas da Comissão Europeia para os jovens agricultores por Hugo Almeida da DG Agricultura.

Inscrições- link: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-a-importancia-dos-jovens-agricultores-no-futuro-da-agricultura-europ

 

Dia 6 de Junho, das 10:00h às 13:00h

 Directamente motivada pelo decurso desastroso da época de incêndios de 2016, anunciada então pelo primeiro-ministro e aprovada ainda nesse ano pelo governo, foi já em 2017 que a grande maioria das suas medidas foi consagrada legalmente.

De natureza e alcance muito distintos as medidas, repetidamente anunciadas, antes e depois da sua concretização, têm merecido pouca ou nenhuma quantificação e avaliação por parte dos seus responsáveis.

Com uma época de incêndios de 2017 ainda pior do que a do ano anterior – aliás, a pior de sempre – e a gravíssima ocorrência de mais de 100 pessoas que morreram, os poderes públicos, governo e parlamento entregaram-se a uma pulsão legisladora sem precedentes abandonando por completo qualquer ideia de avaliação e condução da “reforma da floresta” que em conjunto promoveram.

Impõe-se por isso àqueles que são os seus principais destinatários, os proprietários e produtores florestais, uma cabal avaliação, interpelando e confrontando os decisores com os resultados da sua acção.

É esse o propósito deste seminário, integrado no conjunto de eventos da Feira Nacional de Agricultura de 2018, que agora anunciamos e convidamos a participar deixando o desafio às Organizações de Produtores Florestais de nele intervirem, apresentando a sua própria avaliação da “reforma da floresta”.

Nota: A todas as Organizações de Produtores Florestais que pretendam apresentar comunicação no seminário (sob a forma de apresentação PPT) agradece-se a comunicação da intenção até 18 de Maio e envio da mesma até ao dia 1 de Junho.

Inscrições- link: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-reforma-da-floresta-conseguimentos-e-inconseguimentos-45928552537

 

Dia 7 de Junho, das 09:30h às 13:00h

Entende-se por biotecnologia o conjunto de técnicas que envolvem a manipulação de organismos vivos para a obtenção de produtos específicos ou modificação de produtos.

A biotecnologia é utilizada desde a antiguidade, na produção de pão e bebidas fermentadas, porém este era um processo muito artesanal. Hoje a biotecnologia utiliza técnicas e materiais de última geração. Com o aparecimento de estudos em microbiologia e biologia molecular, o conhecimento na manipulação de micro-organismos e genes tornou possível a produção de diversos medicamentos e alimentos.

A agricultura e a biotecnologia aliaram-se para tornar o cultivo de plantas mais eficiente. Pragas, doenças e problemas climáticos, por exemplo, sempre foram obstáculos à produção de alimentos. Porém, a engenharia genética permitiu a criação de tecnologias que reduzem as perdas e aumentam a produtividade das lavouras.

O objectivo desta conferência internacional é dar a conhecer os avanços da biotecnologia e a sua aplicação na agricultura do futuro e contamos com as perspectivas de oradores nacionais e internacionais peritos nesta matéria.

Inscrições- link: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-conferencia-internacional-que-licoes-aprendemos-com-o-debate-sobre-os-ogms-45930251619

 

Dia 8 de Junho, das 09:30h às 13:30h

A Política Agrícola Comum (PAC) constitui um dos pilares do processo de integração e consolidação do desenvolvimento económico e social europeu, tornando possível garantir aos cidadãos europeus a segurança no abastecimento de produtos alimentares, bem como a sustentação económica do mundo rural que marca uma das faces distintivas da Europa.

Ao longo do tempo, muitas alterações de contexto foram colocando novos desafios, aos quais a PAC procurou responder, incorporando novos objetivos e instrumentos, afirmando os modelos agrícolas e rurais europeus e a sua diversidade. São múltiplos e complexos os desafios que a Sociedade Europeia enfrenta. Hoje a sociedade europeia pede que a PAC continue a assegurar a segurança e qualidade alimentar, mas que o faça de um modo sustentável na utilização dos recursos naturais e no respeito pelas gerações futuras, com contribuição para a mitigação dos riscos associados às alterações climáticas, e, sobretudo no caso dos países do Sul, colaboração para evitar a desertificação.

A PAC continua a ser um poderoso instrumento para o desenvolvimento económico e para a coesão social. A concretização destes objetivos requer uma política pública forte, abrangente nas suas opções, baseada em regras comuns e com meios suficientes para promover o desenvolvimento sustentável da agricultura em todo o território da UE.

Na abertura desta importante conferência vamos ter a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
Esta conferência internacional vai debater a importância da nova PAC, com intervenções dos dois comissários Europeus, o da Agricultura e desenvolvimento Rural, Phil Hogan, e com o comissário da ciência e Inovação, Carlos Moedas, e também com o vice-presidente da comissão de Agricultura e desenvolvimento Rural do Parlamento Europeu, Paolo de Castro. Esta conferência vai ter também a presença dos presidentes das principais organizações de agricultores da Europa.

Inscrições- link: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-conferencia-internacional-os-grandes-desafios-para-a-agricultura-no-futuro-45905930875