Estratégia Nacional Para A Promoção Da Produção De Cereais l Já disponível para consulta !

Já se encontra disponível para consulta, Estratégia Nacional Para A Promoção Da Produção De Cereais (ENPPC)

 

Tendo em consideração a acentuada diminuição da produção de cereais que se tem vindo a verificar nas últimas décadas, a baixa taxa de aprovisionamento do país, a importância dos cereais na dieta alimentar e o potencial da produção cerealífera com consequente relevância nos mecanismos de planeamento civil de emergência e atendendo ao momento crucial em que se iniciou a discussão da futura Política Agrícola Comum (Pós-2020), foi criado o Grupo de Trabalho de Cereais para a promoção da produção nacional de cereais, com a missão de propor a estratégia nacional e o plano de ação para a promoção do desenvolvimento da cultura dos cereais em Portugal.(Despacho n.º 5562/2017, de 26 de junho de 2017).

Ao longo do 2º semestre de 2017, o Grupo elaborou o diagnóstico do setor e uma SWOT que identificaram as principais áreas de atuação no futuro, a curto, médio e longo prazo, tendo, em janeiro de 2018 entregue ao Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, a Estratégia Nacional para a promoção do desenvolvimento da cultura e produção nacional de cereais.

O Grupo de Trabalho foi coordenado pelo Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP) e foi constituído por representantes do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I. P. (INIAV), a Associação Nacional de Produtores de Cereais (ANPOC), a Associação Nacional de Produtores de Milho e Sorgo (ANPROMIS) e a Associação de Orizicultores de Portugal (AOP). O trabalho foi desenvolvido com um grande envolvimento e empenho de todas as entidades que constituíram o grupo e contou ainda com o contributo de cerca de 25 organizações do setor e várias personalidades com trabalhos relevantes nesta área.

Para mais informações consulte 

Fonte : GPP