3 ª EDIÇÃO da FORMAÇÃO TÉCNICA PARA A PRODUÇÃO DE CEREAIS DE OUTONO/INVERNO

Porque esta formação prática em contexto de campo ?

 

Na conjuntura de crise que o setor dos cereais praganosos atravessa em Portugal, e dadas as margens cada vez mais reduzidas destas culturas, a Associação Nacional de Produtores de Cereais (ANPOC) juntamente com o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) – Pólo de Elvas (Estação de Melhoramento de Plantas) e o Instituto Politécnico de Beja, sentiram a necessidade de promover uma Formação Técnica que visa contribuir para melhorar a eficiência técnica e económica na cultura dos cereais.

Público alvo:  Técnicos de Organizações de Produtores (OP’s), agricultores e colaboradores de agricultores, técnicos de empresas do sector e estudantes ainda a terminar o seu processo formativo, com elevada motivação e ambição por aprendizagem técnica

Duração: Sete sessões diárias, que se iniciam antes da sementeira e  decorrem ao longo do ciclo cultural dos cereais. (Outubro a Julho)

Locais da formação: A generalidade da formação será realizada  em contexto de campo, nas explorações agrícolas selecionadas e as vertentes teóricas nas mesmas ou nas instalações da EMP Elvas ou ESABeja

A equipa de Formação conta com investigadores do INIAV, professores do IPP/ESAB, técnicos do Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio (COTR) e técnicos franceses do Arvalis-Institut du Végétal e, em determinados temas específicos com técnicos das empresas patrocinadoras.

Preço: Valor a definir brevemente em  função dos patrocínios confirmados; Inclui: Manuais, conteúdos, refeições e outros recursos on line.

Conteúdos Programáticos

 

A Nossa Missão

Capacitar para  a aquisição de competências na decisão de instalação e na condução da cultura e, particularmente, avaliar e estimar o potencial produtivo das suas parcelas e culturas para adequar o itinerário técnico a adotar, optimizando e ajustando ao ano em curso a utilização dos fatores de produção ao longo do ciclo, no sentido do aumento da sua rentabilidade.

Deste modo, o objectivo é a optimizar a aplicação dos factores de produção ao longo das diferentes fases de desenvolvimento dos cereais, em função do potencial das parcelas e do potencial climático do ano em curso. Ou seja, promover a “eficiência técnica e económica na cultura dos cereais” por forma a realizá-los “ao melhor preço”.

 

INSCRIÇÕES

Para se inscrever deverá  enviar-nos um email, manifestando a seu interesse na formação, para  ou contactar-nos através do número de telefone 266 708 435 ou telemóvel 968 746 19

 


Testemunhos de formandos das edições anteriores

“Muito relevantes os conhecimentos transmitidos para nivelar o conhecimento em toda uma organização; a profundar ; tecnologia agricultura precisão e fertilização”- João Morgado
“Parabéns à comissão organizadora”- Dr Fernando Carpinteiro Albino
“Muito importante as estimativas e sua relevância” - João Machado